Queremos a graça, mas sem cruz

cruz

Temos querido a graça, mas sem cruz. A ansiedade por tornar Cristo conhecido tem provocado uma mercantilização de sua graça, oferecida segundo as leis da publicidade. Os cristãos não conseguem conviver com a ideia que a estrada da salvação é estreita e tratam de alargá-la para caber todo mundo, mesmo os que não querem carregar a cruz. Precisamos de uma boa teologia do pacto, não aquela dominada pelo legalismo, mas aquela plena da noção de parceria Deus-homem, a partir da verdade bíblica que a intimidade do homem para com Deus é para aqueles que o temem, aos quais Ele faz conhecer a aliança (Sl 25.14).

Trecho do livro “Igreja. Acabou?” de Israel Belo de Azevedo.

Anúncios

O Verdadeiro Evangelho

“Quando há algo na Bíblia que as igrejas não gostam, elas o chamam de legalismo. Se Jesus tivesse pregado a mesma mensagem que os ministros de hoje pregam, Ele nunca teria sido crucificado.” Frases Cristãs

Li essa frase no Facebook, e me senti obrigado a compartilhar com vocês. Tanto a frase como também a minha opinião sobre o assunto.

Então, pra ficar ainda mais legal, encontrei uma frase perfeita, acompanhada de um texto bíblico fantástico!

Se isso que vemos hoje sendo praticado em muitas igrejas é o evangelho de Cristo, então eu estou lendo outra Biblia, uma versão totalmente desconhecida por muitos lideres de igrejas. “Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça de Cristo, para seguirem outro evangelho que, na realidade, não é o evangelho. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o evangelho de Cristo” (Gálatas 1:6-7). Verdadeiro Evangelho

Não é de hoje que eu penso assim. Se os pastores das “igrejas” pregassem o que Jesus Cristo um dia já pregou, as igrejas não estariam lotadas! E com toda a certeza, não existiriam tantas “igrejas”. E da mesma forma o contrário. Se Jesus pregasse o que os pastores pregam atualmente, certamente não seria crucificado!…

Mas então, o que aconteceu? Bom, não é de hoje que a “igreja” tornou-se uma fonte de lucro, portanto, os seus dirigentes precisam de pessoas que contribuam, logo, se o ministro prega uma palavra que chega a espantar as pessoas (assim como está escrito em João 6.53-70) ele perde clientes, perdendo clientes ele perde dinheiro. E dinheiro é o que move o mundo. E infelizmente, como a “igreja” se tornou uma estrutura apenas física (na maioria dos casos), ela não sobrevive sem dinheiro.

A escolha é nossa! Apenas aceitar as coisas do jeito que estão, engolindo goela a baixo. Ou, fazer diferente. Fazer o que é certo, opor-se ao sistema.

A tarefa não é fácil! Em momento algum Jesus disse que seria. A mesma pergunta que ele fez aos discípulos a mais de dois mil anos atrás nos cabe hoje:

Jesus perguntou aos Doze: “Vocês também não querem ir? “ João 6.67

Desistir é mais fácil, isso eu garanto! Mas continuar firme trará uma recompensa muito maior!

 

Grande Abraços! Até a próxima (:

 

A loucura e o sucesso

“O cara era louco. Vivia por aí falando uma porção de coisas interessantes, mas impraticáveis. Andava à esmo, não tinha onde dormir nem o que comer. Não sei se um dia teve emprego ou família. Quando o conheci vagava feito um doido, ajudando pessoas carentes, fosse de comida, conselho, carinho ou abraço. Não participava de nenhuma ONG nem pertencia a algum grupo religioso.

Tentei falar com ele algumas vezes. Argumentar que ele precisava de apoio se quisesse promover a justiça. Evidentemente era preciso se vestir melhor, fazer a barba e usar um bom gel naqueles cabelos desgrenhados. Depois disso, seria imprescindível redigir um projeto e angariar recursos. Mas não um projetinho qualquer. Era preciso sonhar, ter visão de mercado, olhar longe. Com os recursos na mão poderia promover cursos, palestras e congressos, alugar grandes teatros, compor músicas, montar uma banda, fazer shows e ter uma sede própria de onde pudesse comandar tudo. Estrutura física é importantíssima quando se quer promover algo verdadeiramente grandioso e com um bom investimento em um ambiente agradável, climatizado e bem projetado, ele iria longe. As pessoas lotariam o grande salão da sede de sua empresa. Viriam aos milhares. Ele poderia organizar as palestras em vários turnos, vários dias por semana. Poderia também criar uma série de outros eventos dirigidos aos mais variados públicos, para manter todos os seus seguidores ocupados e perto de si.

Insisti com ele sobre isso mais de uma vez, mas ele nunca me deu ouvidos. Acabou sozinho, pobre, esquecido. Foi morto por alguns desafetos.

Mas eu fiz meu projeto baseado em suas idéias e obtive todo sucesso que ele jamais sonhou. Cito seu nome com freqüência; ele merece os créditos. Evidentemente cuido para que ninguém se sinta obrigado a segui-lo de verdade. Basta que me sigam. Basta que participem das palestras e eventos que promovo. E os que me seguem têm a nítida sensação de estarem seguindo aquele mártir.

Temos uma parceria. Ele não a aprovaria, mas eu sei que assim funciona melhor. Eu perpetuo seu nome e ele me dá sucesso.”

Tuco Egg. A Trilha

Não que todas as igrejas façam isso, mas com certeza a grande maioria sim. Algumas talvez até mesmo sem intenção, mas que infelizmente fazem com que Jesus não seja o foco, tornando-se assim, elas mesmas o principal objetivos de uma grande maioria de desavisados! #MudeSuaMente

Grande Abraço! Fiquem com Deus!

Parabéns Igreja!

 

Muitos podem me criticar pelo vídeo que postei semana passada, dizendo que a igreja tá estragada… E se criticaram, com certeza irão criticar novamente!

Mas essa é a minha opinião e esse vídeo, junto com o outro que postei expressam a minha indignação com a igreja.

Antes que venham me atacar pedras, eu vou à igreja sim. Mesmo não concordando com muitas coisas, não vou abandonar algo em que acredito que pode mudar (ou não).

Eu fico me perguntando… Onde está a Igreja de Deus? E a resposta não é a talvez mais óbvia: “Em qualquer esquina”. A Igreja de Deus somos todos nós cristãos! Sendo assim, deveria estar em todos os lugares… Nas escolas, no trabalho, nas ruas, nas praças, enfim. Mas não é bem isso que acontece…

Mesmo assim, se todos nós somos a Igreja, o que estamos fazendo? Construindo templos, gastando dinheiro, conquistando clientes… E pior, não estamos levando adiante o verdadeiro Evangelho… Onde está a simplicidade que Jesus ensinou?

 

Qual é a missão que Jesus deixou para a sua Igreja?

“Portanto, IDE e PREGAI O EVANGELHO a todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ENSINANDO-AS a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até á consumação dos séculos. Amém!” (Mateus 28:19-20)

Essa é a nossa missão! Será que estamos fazendo isso? Ou você deixa isso pros pastores e missionários da sua igreja? Você está fazendo a sua parte?

 

Não vou me prolongar, termino o post de hoje por aqui, mas, prometo que logo trarei mais alguns post sobre a minha opinião sobre a igreja e afins. Por hoje é só.

Visite: http://www.mudesuamente.com.br/

Pode deixar seu comentário no post, podemos trocar uma ideia! Na boa, sem discussão. Não tenho a mente fechada, e discutir não é brigar!

Ou entre em contato por e-mail: emersonbatista@outlook.com

Obrigado pela atenção de vocês!

Abraços,

Emerson.

Jesus e Religião

E aí galera, tudo certo?

Hoje vou falar um pouco sobre as Religiões.

 

Você que critica as outras religiões, e acha que só a sua é correta. Já parou para pensar se a sua religião é realmente perfeita? Com certeza não é! E, o que você tem feito para isso mudar?

Até na época de Jesus a Igreja não era como Deus queria. Tinha gente querendo vender lugar no céu, mulheres não podiam frequentar os cultos, e muitos outros problemas…

Então, se você parar para pensar, verá que nos dias de hoje, a maioria (se não for todas) das Religiões tem algo que não parece ser bem certo! Por um lado, existem sim Religiões que Não pregam os ensinamentos de Jesus, mas quero falar apenas das que Trilham os seus Caminhos.

Nos dias de hoje, estão surgindo cada vez mais Religiões. Mas de que adianta tudo isso?

Criticam a Igreja Católica, Luterana, Batista, Assembleia de Deus, e tantas outras, mas vão lá, e fazem igual!

É por isso que não devemos Adorar nenhuma Religião! E sim quem tem a Verdadeira Palavra: JESUS!

De que adianta você ir todos os Domingos na Igreja, se não tem Jesus no Coração? Não tem Fé, não Crê na Palavra… Enfim.

Religião Não Salva! Mas JESUS SIM!

Então, entregue sua vida para ele! Seja Fiel! E ande nos Caminhos Dele!

 

Não estou dizendo que você não Deve Frequentar a Igreja, ou que não precisa Dela! Jamais quis dizer isso! Só não devemos ter um Pré-Conceito!

Você pode e deve ter sua Religião, Ir à Igreja. Mas de nada adiantará se não Crer no Único, que é Caminho, Verdade e Luz!

 

Este assunto é Muito Amplo, trago aqui apenas um resumo da minha opinião, sinta-se à vontade para expressar a sua nos Comentários! Lembrando que o Objetivo não é gerar conflitos, e sim trazer uma Reflexão da Realidade!

 

Fiquem Todos na Paz!