Tudo se fez novo

tudo-se-fez-novo

Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. 2 Coríntios 5:17

Aqui estamos nós, com o mesmo blog, e, ao mesmo tempo, um novo blog. Entende? É quase como nascer de novo, rsrs.

Depois de mais de um ano sem escrever um texto de verdade por aqui, e depois de dois projetos que ainda não deram certo, resolvi “reativar” o blog.
Vou contar porque: O blog começou a ter um crescimento no número de acessos diários, simplesmente “do nada”, e a página no Facebook começou a ganhar curtidas de maneira repentina. Obviamente, isso me animou! Então eu orei: “Deus, é de tua vontade que eu volte a escrever?”. Como resposta de oração, pedi para que a página chegasse em um certo número de curtidas num curto período de tempo, e isso aconteceu. Simples assim.

Agora venho com um pouco mais de experiência, um pouco mais de conhecimento, um pouco mais de tudo, mais ainda não sou nada.
#Chegajunto, vamos conhecer mais de Deus, mais de Cristo e mais do Espírito Santo. Vamos aprender juntos!

Por enquanto, teremos três categorias de postagens:
Textos – Toda segunda, às 09h, terá um texto, uma reflexão, um poema, etc.
#DiadeMúsica – Toda quarta, às 12h, terá uma música, que pode ser nova ou não, que pode ser “gospel” ou não, mas que vai trazer uma letra para você refletir, com certeza.
#DiadeVídeo – Toda sexta, às 12h, a “saideira” da semana, para entrar com tudo no fim de semana, um vídeo top para te fazer pensar, meditar, e se emocionar!

Nesta fase de recomeço, peço que orem por mim e pelo blog. Que muitas pessoas possam ser alcançadas e transformadas, e que eu tenha a disciplina e comprometimento de manter o blog alimentado regularmente.

Um forte abraço! Até já.

Oração

E aí pessoal, dando continuidade ao tema oração, hoje temos a passagem bíblica de Lucas 11:1-12.

1 Certo dia Jesus estava orando em determinado lugar. Tendo terminado, um dos seus discípulos lhe disse: “Senhor, ensina-nos a orar, como João ensinou aos discípulos dele”.
2 Ele lhes disse: “Quando vocês orarem, digam: ” Pai! Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino.
3 Dá-nos cada dia o nosso pão cotidiano.
4 Perdoa-nos os nossos pecados, pois também perdoamos a todos os que nos devem. E não nos deixes cair em tentação
5 Então lhes disse: “Suponham que um de vocês tenha um amigo e que recorra a ele à meia-noite e diga: ‘Amigo, empreste-me três pães,
6 porque um amigo meu chegou de viagem, e não tenho nada para lhe oferecer’.
7 “E o que estiver dentro responda: ‘Não me incomode. A porta já está fechada, e eu e meus filhos já estamos deitados. Não posso me levantar e lhe dar o que me pede’.
8 Eu lhes digo: Embora ele não se levante para dar-lhe o pão por ser seu amigo, por causa da importunação se levantará e lhe dará tudo o que precisar.
9 “Por isso lhes digo: Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta.
10 Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta.
11 “Qual pai, entre vocês, se o filho lhe pedir um peixe, em lugar disso lhe dará uma cobra?
12 Ou se pedir um ovo, lhe dará um escorpião? Lucas 11:1-12

Nessa passagem, um dos discípulos de Jesus pede para Ele os ensinar a orar. Jesus ensina uma oração simples, bastante parecida com o Pai Nosso que oramos hoje. Uma oração simples, mas completa. E é isso que temos que fazer. De que adianta você fazer uma oração de meia hora, mas com palavras repetidas e da boca pra fora… Orar requer sinceridade!
Através de uma parábola, Jesus diz que se você pedir, receberá. Mas saiba esperar, o tempo de Deus é diferente do nosso, Ele te dará na hora certa!

Abraços, até a próxima!

Oração [Pai nosso]

Olá caros leitores, depois de um bom tempo sem postagens escritas… começo hoje uma série de postagens com o tema “oração”.

“5 E quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de ficar orando em pé nas sinagogas e nas esquinas, a fim de serem vistos pelos outros. Eu lhes asseguro que eles já receberam sua plena recompensa.
6 Mas quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está em secreto. Então seu Pai, que vê em secreto, o recompensará.
7 E quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos.
8 Não sejam iguais a eles, porque o seu Pai sabe do que vocês precisam, antes mesmo de o pedirem.
9 Vocês, orem assim: “Pai nosso, que estás nos céus! Santificado seja o teu nome.
10 Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu.
11 Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia.
12 Perdoa as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores.
13 E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal porque teu é o Reino, o poder e a glória para sempre. Amém. Mateus 6.5-13

Vemos aqui, Jesus nos ensinando a maneira correta de orarmos.
A oração, por mais simples que seja, sendo de coração, é muito mais valiosa do que milhares de palavras direcionadas à Deus da boca pra fora.
Feche a porta do seu quarto, e ore.
Deus não é igual ao seu chefe no trabalho! =) Portanto, você não precisa falar “formalmente” com Ele, seja você mesmo, fale do seu jeito.
Antes de você pedir, Deus já sabe do que você precisa, então não fique repetindo, seja simples e direto.

Jesus nos ensinou a orar o “Pai Nosso”. Você já reparou o quão simples é essa oração? Simples, e ao mesmo tempo completa. Mas, como você tem interpretado essa oração? Uma oração decorada? Alguns simples versos, declarados todos os domingos na igreja, somente da boca pra fora?… Pense nisso.

Grande abraço! Até a próxima.